A ênfase dos Evangelhos sobre Jesus como o cumprimento da profecia mostra que a vida e o ministério de Jesus eram parte do plano único de Deus durante toda a história, e não um gesto de desespero. Todo o Evangelho enfatiza que Jesus é EmanuelDeus Conosco. Os ensinamentos de Jesus no Evangelho de Mateus pedem obediência e continuam a expor a falsidade e a hipocrisia na vida pessoal e corporal. Os evangelhos revelam a vida de Cristo como um ensinamento para a nossa, nos trazendo grandes lições, ensinamentos e mandamentos

Conheça as verdades reveladas no Evangelhos [PARTE 2]:

1Princípios para relacionamentos piedosos

Uma maior ênfase nos ensinamentos de Jesus é como construir e manter relacionamentos corretos com Deus e o ser humano. Ele não encara esses relacionamentos como não importantes ou irrelevantes, mas como a essência com que a vida é feita. Conhecer a Deus é nossa maior prioridade, mas essa busca não deve substituir ou diminuir nossos relacionamentos interpessoais. Ao invés disso, nossa interação pessoal com Deus deve produzir dentro de nós as qualidades de caráter que fundamentam e sustentam todos os nossos relacionamentos.

Veja Também!  10 Versículos sobre Proteção

2Como desenvolver um discipulado dinâmico

Com Jesus, a justiça não consiste mais na observância de um código legal externo. Jesus o define como Mestre através do Espírito Santo. A justiça, agora, é definida pela pessoa de Jesus e não pela Lei. Entretanto, essa Pessoa que é justa exige a nossa lealdade: o verdadeiro discipulado exige compromisso total sem distração ou acomodação.

3Princípios para compreender o Reino de Deus

O tema dominante dos ensinamentos de Jesus é o Reino de Deus. Jesus apresenta várias descrições com palavras de como esse Reino sobrenatural é. Mas o Reino não deve ser meramente compreendido com a mente. Ao invés disso, é espiritual e deve ser compreendido e penetrado através de meios espirituais e na vida prática. Meditemos diariamente sobre as palavras de Jesus, a fim de recebermos as chaves do Reino.

5Aprendendo o uso justo do dinheiro

Embora na Bíblia a riqueza seja mostrada como um aspecto da benção e aprovação, o Novo Testamento traz a ênfase adicional da possessão e uso da riqueza ou dinheiro em conexão com a atitude do comportamento do coração e motivação interna. A um coração justo não serve dinheiro. O dinheiro deve ser manuseado com cuidado e usado com sabedoria, para que o desejo por ele não nos seduza da verdadeira piedade de Deus.

Conheça as verdades reveladas nos Evangelhos [PARTE 1] clicando aqui!

Conheça Verdades Reveladas de outros livros da bíblia clicando aqui!

Gostou das verdades reveladas nos Evangelhos? Escreva nos comentários!

Na UOL Leia+ você tem acesso à vários livros evangélicos e de outros temas, além de audiolivros e as principais revistas e jornais para você ler no seu celular, computador ou tablet, inclusive offline. Gostou? Clique e teste grátis por 7 dias!
Ofertas de Bíblias Sagradas: https://amzn.to/36quRy6
Ofertas de Livros de Teologia: https://amzn.to/3eSnS4w
Ofertas de Livros sobre Vida Cristã: https://amzn.to/3kp5DVH
Siga o Somos de Cristo também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir" 
 
Veja Também!  Conheça as verdades reveladas no Livro de Jonas!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here